Papa convoca Dia de Jejum e Oração pela Paz

“As vitórias obtidas com a violência são falsas vitórias”

Diante da persistência de conflitos em diversas partes do mundo, o Papa Francisco convocou para 23 de fevereiro um Dia de Jejum e Oração pela Paz.

“As vitórias obtidas com a violência são falsas vitórias”. Diante da persistência de inúmeros conflitos em diversas partes do mundo, o Papa Francisco no Angelus deste domingo voltou a condenar a violência e convocou um Dia de Jejum e Oração pela Paz:

“E agora um anúncio: diante da trágica continuação de situações de conflito em diversas partes do mundo, convido todos os fiéis a um Dia especial de Oração e Jejum pela Paz em 23 de fevereiro próximo, sexta-feira da Primeira Semana da Quaresma”.

“O ofereceremos em particular pelas populações da República Democrática do Congo e do Sudão do sul. Como em outras ocasiões similares, convido também os irmãos e irmãs não católicos e não cristãos para se associarem a esta iniciativa nas modalidades que considerarem mais oportunas, mas todos juntos”.

O Santo Padre recordou que “o nosso Pai Celeste escuta sempre os seus filhos que gritam a Ele na dor e na angústia, “cura os corações feridos e enfaixa suas feridas””.

O Pontífice dirigiu um apelo, para que também cada um de nós ouça este grito e que cada um, diante de Deus, pergunte na própria consciência: “O que eu posso fazer pela paz?”:

“Certamente podemos rezar; mas não só. Cada um pode dizer concretamente “não” à violência naquilo que depender dele ou dela. Porque as vitórias obtidas com a violência são falsas vitórias; enquanto trabalhar pela paz faz bem a todos!”


Veja o apelo do Papa Francisco

Fonte: Vatican News

Por que cobrimos as imagens sacras na Quaresma?

No período da quaresma ao irmos na igreja é comum ver uma prática de cobrir as imagens dos santos e hoje entenderemos o porquê desta prática.

Por Que No Período Da Quaresma Os Santos Nas Igrejas Ficam Cobertos Por Panos Roxos?

P_20180217_161245_vHDR_AutoExiste um costume muito antigo na Igreja Católica de cobrir as imagens dos santos no quinto domingo da quaresma, dia este que também é conhecido como primeiro Domingo da Paixão, sendo este o Domingo de Ramos, em que se dá o início da Paixão de Cristo, quando os ícones e imagens sacras devem ficar cobertos até a noite do Domingo de Páscoa.

Cobrir as imagens de santos e outros ícones sacros durante a quaresma é fundamentado no luto pelo sofrimento de Nosso Senhor Jesus Cristo, levando os fiéis a uma reflexão profunda, ao contemplar estes objetos sagrados cobertos do roxo, cor simbolo da tristeza, dor e penitência.

Porém o ápice se dá na Quinta-Feira Santa, quando são retiradas todas as toalhas do altar, e a cruz coberta nos lembra a humilhação que Jesus Cristo passou ao ocultar-se para não ser apedrejado pelos judeus, como relatado no Evangelho de João.

“Os judeus pegaram pela segunda vez em pedras para o apedrejar. Disse-lhes Jesus: Tenho-vos mostrado muitas obras boas da parte de meu Pai. Por qual dessas obras me apedrejais? (…). Procuraram então prendê-lo, mas ele se esquivou das suas mãos. Ele se retirou novamente para além do Jordão, para o lugar onde João começara a batizar, e lá permaneceu.” (Jo 10, 31-32.39-40).

Porém, na Sexta-feira da Paixão, as imagens cobertas novamente são descobertas e dadas aos fiéis que podem adorar o amor de Cristo que se manifestou na Cruz para nos salvar.

Mais do que simplesmente cobrir as imagens ou velar, este tempo de silêncio e sobriedade deve ser para intensificar nossa vida em penitência e meditar sobre o amor Infinito de Jesus Cristo o qual “amando os seus que estavam no mundo os amou até o fim”(João 13, 1).

É obrigatório cobrir as imagens de santo neste período ?
Esta é uma questão que pode ser respondida pela liturgia da Igreja. Porém as rubricas do Missal de Paulo VI não preveem mais a obrigatoriedade de cobrir as imagens na quaresma.

Sendo assim cobrir ou não as imagens de santos e ícones cabe às Conferências Episcopais, que decidem a necessidade de se manter este costume em cada região dependendo de sua cultura.

Já no Brasil como temos uma tradição católica mais antiga não há problemas em ser realizado.

Fonte: http://www.nossasagradafamilia.com.br

 

Calendário do Batismo

Ser padrinho ou madrinha não é um prêmio, mas sim um compromisso de fé para toda vida.

Curso para Pais e Padrinhos

  • Que professem a fé católica apostólica romana;
  • Que tenham fé nos sacramentos da Igreja católica apostólica romana;
  • Que se proponha a ser luz e fermento na vida do afilhado;
  • Que tenha consciência da missão que está abraçando;
  • Pessoas maiores de 16 anos.

Calendário em 2018:

DATA-LIMITE PARA INSCRIÇÃO PREPARAÇÃO                      (DAS 15H ÀS 17H – SÁBADO) BATIZADO                                                        (12H – DOMINGO)
17/mar 24/mar 31/mar (Adultos e crianças da catequese)

01/abr (Crianças)

16/jun 23/jun 24/jun
08/set 15/set 16/set
27/out 03/nov 04/nov

Documentos necessários (cópias simples):

  • Certidão de nascimento da criança (ou adulto) a ser batizado.
  • Comprovante de preparação (curso) dos pais e padrinhos. O Comprovante do Curso é válido para qualquer Paróquia no período de 01 ano.
  • Quando casados, Certidão de casamento do Religioso dos pais e dos padrinhos, e quando solteiros, Certidão de batismo do pai e/ou da mãe.
  • Certidão de batismo dos padrinhos.
  • Taxa de curso e batismo: R$ 95,00 (na impossibilidade da contribuição da taxa, informar na Secretaria Paroquial); somente o curso: R$ 47,50.

Inscrições e maiores informações na Secretaria Paroquial.

Curso de Noivos

Anote!!!

dt_familia_cursodenoivos

“Eu sou a videira, vós os ramos. Quem permanece em Mim e Eu nele, esse dará muito fruto” (Jó 15,5).

Somos um grupo de leigos comprometidos com a missão de evangelizar, através da preparação de noivos para o sacramento do matrimônio. Sentimo-nos felizes em participar da construção do Reino de Deus, auxiliando os jovens casais na decisão de assumirem a vocação familiar.

Curso de Noivos

Organizado pelas Equipes da Paróquia Imaculada Conceição, o curso prepara os noivos para receberem o sacramento do Matrimônio.

Conteúdo: O curso é constituído de dois módulos: a) fundamentação teórica, aspecto humano e psicológico: amor e felicidade; psicologia do eu e do outro; diálogo da afetividade; corpo e alma; e b) fundamentação pragmática, a proposta cristã e a experiência da harmonia nas diferenças: projeto cristão do casamento, visão sacerdotal; experiência de relacionamento como suporte da vida conjugal, a vida familiar; organização e planejamento.

Calendário em 2018:
17 e 18 de março
09 e 10 de Junho
01 e 02 de setembro

Horário: Sábado das 15h às 19:30h e nos domingos, das 14:30h às 20h.
(Término com a Santa Missa)

Taxa:

Curso de Noivos (por casal) R$ 100,00

Cerimônia: R$ 960,00

Transferência: R$ 480,00

Inscrições: 11-2914-4066 (secretaria da paróquia)

Documentos necessários para o Matrimônio:
• Certidão de Batismo (para fins matrimoniais) atualizada dos noivos;
• Cópia simples do RG dos noivos;
• Cópia simples do comprovante de residência;
• Certificado do Curso de Noivos;
• Dados de duas testemunhas.

Maiores informações na Secretaria Paroquial.